Alex Jones:
O Mundo Acabou

June 2, 2011  |  Conspirações, Distopia

Alex Jones é um agitador subversivo, panfletário inflamado e teórico da conspiração que, muito provavelmente, está absolutamente certo.

A primeira vez que vi Alex Jones ele era um desenho animado, fruto do efeito de rotoscopia do filme “Waking Life”, de Richard Linklater e aquele discurso foi um dos mais fascinantes e inspiradores que já tive a oportunidade de testemunhar.

Depois disso tive a oportunidade de assistir “End Game”, onde o reconheci pela voz e onde ele fazia acusações aparentemente ensandecidas contra o Governo dos EUA e contra líderes mundiais. Apesar do discurso inflamado, contudo, fui tocado pela forma, conteúdo e intenção do discurso de Jones.

Neste episódio do documentário em série “Police State 4″, Alex Jones faz ataques inflamado a FEMAFederal Emergency Management Agency – agora parte do Home Land Security, esta última criada após os ataques de 11 de Setembro.

Após o Ato Patriótico – USA Patriot Act – uma controversa reação legal dos EUA que garante a invasão de lares, a queda da privacidade de cidadãos, interrogações e torturas de possíveis suspeitos, traidores ou terroristas (sem direito a defesa ou julgamento). As liberdades civis com esse ato ficam irrelevantes e descontinuadas.

Críticos de esquerda relacionam essa lei como um passo legal para a instituição de lei marcial na eventualidade de qualquer evento de terrorismo, seja ele falso ou verdadeiro – ao que o Home Land Security responde com a afirmação de que a mera suposição é considerada anti-governo e, portanto, subversiva e elegível para ações dentro do rigor do Ato Patriótico.

USA Patriot Act é, na verdade, uma sigla, que significa “Ato de Unir e Fortalecer a América Providenciando Ferramentas Apropriadas Necessárias para Interceptar e Obstruir o Terrorismo”- do inglês “Uniting and Strengthening America by Providing Appropriate Tools Required to Intercept and Obstruct Terrorism Act of 2001″.

A idéia inicial da FEMA, quando fundada, em 1º de Abril de 1979 por ordem presidencial era absolutamente louvável e, contudo, quando ungida dos poderes conferidos pelo USA Patriot Act as coisas se complicam bastante e deixam o cidadão nas mãos de um governo cuja agenda secreta é historicamente extensa e cheia de omissões e mentiras.

Pode-se falar o que se quiser acerca de Alex Jones… mas este é o tipo de coisa que me deixa indisposto com a nossa realidade e que concorre para que eu acredite ainda mais que vivemos em uma espécie de Utopia Distópica, um Totalitarismo Inconspícuo, do qual não acreditamos ser prisioneiros porque nós mesmos construímos a nossa prisão, porque estamos confortáveis o suficiente e porque estamos encarcerados em uma cela cujas grades sequer estamos treinados para enxergar.

Divulgue no Facebook



Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.